sábado, 22 de setembro de 2012

GABARITO DA PROVA DE BIOLOGIA - TERCEIRO ANO D-E (ALDA)

 v GABARITO – PROVA BIOLOGIA TERCEIROS ANOS D-E (ALDA)

1) A 1ª lei de Mendel considera que:
a) os gametas são produzidos por um processo de divisão chamado meiose.
b) na mitose, os pares de fatores segregam-se independentemente.
c) os gametas são puros, ou seja, apresentam apenas um componente de cada par de fatores considerado. X
d) o gene recessivo se manifesta unicamente em homozigose.
e) a determinação do sexo se dá no momento da fecundação.

2) (UFSCAR) Que é fenótipo?
a) É o conjunto de características decorrentes da ação do ambiente.
b) Influi no genótipo, transmitindo a este as suas características.
c) É o conjunto de características decorrentes da ação do genótipo. X
d) É o conjunto de características de um indivíduo.
e) É o conjunto de caracteres exteriores de um indivíduo.

3) (UFPA-PA) Os grupos sanguíneos ABO representam um exemplo de:
a) herança poligênica
b) polimeria

c) pseudo-alelismo

d) interação gênica

e) alelos múltiplos X

4) (F.C.Chagas-BA) O pai de uma criança do grupo sanguíneo  A  e Rh+, cuja mãe é B e Rh-, poderia ser:
X a) AB e Rh+
b) AB e Rh-

c) B e Rh+

d) A e Rh-

e) O e Rh+


5) (FEI-SP) Para que ocorra a  possibilidade  da  eritroblastose fetal (doença hemolítica do recém-nascido) é preciso que o  pai, a mãe e o filho tenham respectivamente, os tipos sanguíneos: 
X a) Rh+, Rh-, Rh+

b) Rh+, Rh-, Rh-

c) Rh+, Rh+, Rh+

d) Rh+, Rh+, Rh-

e) Rh-, Rh+, Rh+


6) (Fuvest-SP) Quando os cônjuges têm sangue do tipo AB, os tipos possíveis de sangue dos filhos são apenas:
a) A e AB.
b) A e B.
c) A, B e AB.
d) A, AB e O.
e) A, B e O.

7) Identifique entre as características mencionadas abaixo aquela que não é hereditária.
a) cor dos cabelos.
b) conformação dos olhos, nariz e boca.
c) cor dos olhos.
d) deformidade física acidental. X
e) hemofilia.

8) Quando o heterozigoto apresenta um fenótipo intermediário entre os dois homozigotos, dizemos que houve:
a) mutação reversa
b) não-dominância ou co-dominância X
c) recessividade
d) dominância
e) polialelia

9)  (FATEC-SP)  Pares de genes, com segregação independente, podem agir, conjuntamente, na determinação de uma mesma característica fenotípica.  Este fenômeno é conhecido como:
a) interação gênica.
b) epistasia
c) herança quantitativa
d) poligenia
e) dominância completa.

10) (UFPA-PA) Os grupos sanguíneos ABO representam um exemplo de:
a) herança poligênica
b) polimeria
c) pseudo-alelismo
d) interação gênica
e) alelos múltiplos X

11) (FUND. LUSÍADAS-SP) Todos os filhos de um casal são mulatos médios.  Provavelmente esse casal é constituído por:
a) dois mulatos médios.
b) um mulato médio e um negro puro.
c) um mulato médio e um branco puro
d) um negro puro e um branco puro. X
e) um mulato claro e um escuro.

12) (FUVEST-SP) Um gene recessivo localizado no cromossomo X é transmitido pelas mulheres heterozigotas a:
a) metade de suas crianças. X
b) apenas suas crianças de sexo masculino.
c) apenas suas crianças de sexo feminino.
d) 1/4 de suas crianças.
e) todas as suas crianças.

13) (PUC-SP) Um casal normal para a visão das cores e para a coagulação tem uma filha normal e um filho daltônico e hemofílico.Sendo os dois caracteres recessivos e ligados ao sexo, pode-se afirmar corretamente que:
a) tanto o pai quanto a mãe são portadores dos dois genes recessivos.
b) apenas o pai é portador dos dois genes recessivos.
c) apenas a mãe é portadora dos dois genes recessivos. X
d) o pai é portador do gene para daltonismo e a mãe é portadora do gen para hemofilia.
e) o pai é portador do gene para hemofilia e a mãe é portadora do gen para daltonismo.

14) Podemos dizer que o fenótipo de um indivíduo é dado por suas características:
a) unicamente morfológicas.
b) morfológicas e fisiológicas apenas.
c) estruturais, funcionais e comportamentais. X
d) herdáveis e não herdáveis.
e) hereditárias

15) (UFPA) A calvície é determinada por um gene autossômico cuja dominância é influenciada pelo sexo, comportando-se como dominante no homem e como recessivo na mulher. Simbolizando-se o gene que causa a calvície por C e o seu alelo selvagem por c, indique o genótipo dos indivíduos ( 1 ), (2), (4) e (5) da genealogia abaixo, na qual estes genes estão segregados.

 
 X a) Cc, CC, CC, Cc
b) Cc, cc, cc, Cc
c) CC, cc, cc, Cc
d) CC, Cc, Cc, Cc
e) Cc, CC, CC, cc

16) (PUC-RS) Num casamento em que o homem é de visão normal para as cores e sua esposa é também normal, porém filha de um homem daltônico, os filhos poderão ser: (0,2)
a) todas as filhas normais e os filhos daltônicos.
b) todos os filhos normais e as filhas daltônicas.
c) filhas normais, filhas portadoras, filhos normais e filhos daltônicos. X
d) filhas portadoras e filhos normais, apenas.
e) filhos portadores e filhas daltônicas.


17) (U.F.SE-SE) A proporção fenotípica encontrada na descendência do  cruzamento entre indivíduos heterozigotos  para dois caracteres com dominância completa é:
a) 3:1
b) 1:2:1
c) 9:4:3
d) 9:7
X e) 9:3:3:1

18) (UNIMEP-SP) Sabe-se que, de uma maneira geral, cada par de genes alelos determina uma única característica, porém há casos onde um mesmo par de genes, sob determinadas condições ambientais, determina dois ou mais caracteres.  Este fenômeno é conhecido como:
a) epistasia.
b) genes aditivos.
c) interação gênica.
d) pleiotropia. X
e) genes quantitativos.

19) A cor da íris é resultado de uma interação entre vários genes, em um processo que ainda está sendo decifrado. Em alguns casos raros, uma pessoa pode ter olhos de cores diferentes:
a) poligenia.
b) heterocromia. X
c) epistasia.
d) pleiotropia.
e) n.d.a.
20) Puc-SP) "Casais de pigmentação da pele normal, que apresentam genótipo __(I)__ podem ter filhos albinos. O gene para o albinismo é __(II)__ e não se manifesta nos indivíduos __(III)__. São albinos apenas os indivíduos de genótipo __(IV)__." No trecho acima, as lacunas I, II, III e IV devem ser preenchidas correta e, respectivamente, por:
a) AA, dominante, homozigoto e aa.
b) AA, recessivo, homozigoto e Aa.
c) Aa, dominante, heterozigotos e aa.
d) Aa, recessivo, heterozigotos e aa. X
e) aa, dominante, heterozigotos e AA. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário